As entradas no Museu Coleção Berardo, em Belém, vão passar a custar cinco euros a partir de 1 de maio, com entrada gratuita ao sábado, durante todo o dia, revelou esta quarta-feira à agência Lusa fonte desta entidade.

De acordo com o museu, instalado no Centro Cultural de Belém (CCB), este bilhete único permitirá o acesso a todas as exposições do Museu Coleção Berardo, e as crianças até aos seis anos ficam isentas de pagamento.

O Museu Berardo abriu em junho de 2007 — com entradas gratuitas desde então — e um acervo inicial de 862 obras da coleção de arte do empresário José Berardo avaliadas um ano antes em 316 milhões de euros pela leiloeira internacional Christie’s.

Em novembro do ano passado, o protocolo de 10 anos para cedência de obras da coleção Berardo e manutenção do museu no CCB, que terminava em 31 de dezembro, foi renovado por mais seis anos entre o colecionador e o Estado, através do Ministério da Cultura.

Desde a abertura do museu, o Museu Coleção Berardo recebeu mais de 6,6 milhões de visitantes, mais de um milhão só em 2016, quando se cumpriram os dez anos da assinatura do protocolo celebrado entre o colecionador Berardo e o Governo, segundo números da entidade.