Saco azul GES: 50 milhões para Granadeiro e Bava

Salgado justifica pagamentos a Granadeiro com ajuda ao primo José Manuel Espírito Santo, serviços prestados na área agrícola do GES e a compra de uma participação numa herdade vinícola de Granadeiro.

Por Luís Rosa