Pesquisas recentes indicam que, em Portugal, apenas 35% dos titulares de conta bancária recorrem aos serviços online, correspondendo a pouco mais de 2,5 milhões de utilizadores. O estudo “Basef Banca” de 2016, realizado pela Marktest, revela que estes serviços são utilizados maioritariamente por homens das classes alta e média-alta, entre os 25 e os 34 anos.

A investigação permitiu ainda concluir que o número de utilizadores de Internet Banking cresceu 23,2%, nos últimos 13 anos, ficando agora longe dos 11,8% de cidadãos bancarizados que utilizavam estes serviços em 2003.

Com a introdução das novas tecnologias digitais no setor da Banca assistimos a uma mudança de paradigma na relação dos consumidores com os serviços bancários, tanto ao nível da operacionalidade, como das formas de comunicar e alcançar as pessoas.

Para responder aos desafios das tecnologias digitais, cada vez mais incorporadas em tudo o que nos rodeia, é essencial:

  • Aumentar o nível de interações com os clientes;
  • Tornar os processos mais eficientes;
  • Recolher mais e melhor informação.

O Santander Totta acompanha a tendência e tem vindo a intensificar a aposta nos canais digitais.


Nos últimos três anos o número de clientes digitais aumentou 70%, ou seja, os serviços de Internet Banking e de Mobile do Santander Totta conquistaram mais 200 mil novos utilizadores, ultrapassando assim a fasquia de meio milhão de clientes online.

O banco do futuro

O Banco quer ter metade dos clientes como utilizadores digitais ativos no prazo de dois anos. Para ajudar, particularmente no caso das pessoas menos familiarizadas com a tecnologia, todas as agências Santander Totta oferecem acesso wi-fi e dispõem de quiosques NetBanco. “Serão ganhadores os que conseguirem casar a Banca tradicional com a banca de inovação”, afirmou recentemente o presidente executivo do Banco Santander Totta, António Vieira Monteiro, a propósito do investimento realizado num ecossistema digital com múltiplas soluções que visam reter e atrair cada vez mais clientes.

Em Lisboa, foi inaugurada uma agência que já oferece novas formas de interação com os clientes, configurando o protótipo do futuro. Este conceito inovador, que vai agora ser alargado a outras agências, valoriza o atendimento personalizado com uma forte aposta nas tecnologias digitais para garantir mais qualidade e maior proximidade no serviço ao cliente.

O Santander Totta desenvolveu, assim, um conjunto de funcionalidades para o ajudar a gerir o dia a dia e realizar as principais operações bancárias sem ter de ir ao Banco:

Abertura de conta através do tablet

  • Sem documentos em papel – este é um dos passos desta estratégia digital.

CrediSIMPLES

  • Novo produto de Crédito Pessoal que permite fazer um pedido de financiamento e obter a resposta, utilizando apenas a app Santander Totta. Basta fazer a simulação, escolher o montante e o prazo, analisar as condições do crédito e a respetiva documentação. Após a aprovação, o capital fica de imediato disponível na conta do cliente.

App Santander Totta

  • Permite movimentar as contas com simplicidade, rapidez e segurança, em dispositivos móveis iOS e Android. O design funcional da aplicação, com botões de acesso rápido, permite aceder às principais operações com total segurança e privacidade. O registo pode ser feito diretamente na app, ativando o reconhecimento da impressão digital através de um código pessoal previamente fornecido. Outra vantagem é a da utilização em múltiplos dispositivos, permitindo por exemplo a partilha da informação entre o tablet e o smartwatch, devidamente sincronizados.

NetBanco

  • Permite aceder à posição integrada das contas, poupanças, créditos e investimentos, além de efetuar transferências, nacionais ou internacionais. Também pode subscrever seguros ou soluções de poupança e investimento, assim como realizar pagamentos e obter documentos digitais.

O Santander Totta afirma-se como um banco always on, sempre disponível online todos os dias do ano, sem qualquer custo adicional, garantindo maior poupança graças a operações gratuitas, ou em alguns casos mais baratas, em comparação com o preçário praticado ao balcão. Num setor em que é fundamental estar cada vez mais próximo do cliente, os desafios do mundo digital enquadram-se nos objetivos de promoção da cultura corporativa do Santander: um Banco Simples, Próximo e Justo.