Donald Trump chegou há um mês e meio à Casa Branca e os pormenores sobre a estadia na casa mais respeitada dos EUA não se fizeram esperar. Conta o El País que o polémico presidente norte-americano, ao contrário dos seus antecessores, opta por uma vida solitária, vê muita televisão, não lê livros nem pratica desporto e optou por uma dieta prejudicial à saúde (comida de plástico).

Apesar de se levantar antes das 6h da manhã, Donald Trump só começa a trabalhar por volta das 9h. Antes dessa hora, vê os programas de televisão matinais e lê os jornais diários que considera de referência, segundo o que contou numa entrevista ao The New York Times, antes de tomar posse. Só depois passa para a Ala Oeste da Casa Branca, onde, durante o dia, tem reuniões com assessores, empresários e outras figuras do governo norte-americano. A hora de almoço é passada com o vice-presidente Mike Pence.

O dia de trabalho de Donald Trump termina por volta das 18h, 19h. Depois, regressa à residência pessoal na Casa Branca, onde, sozinho, vê televisão e envia os já tão característicos tweets da conta pessoal que detém na rede social Twitter. De lembrar que a esposa de Trump, Melania, e o filho Barron, optaram por ficar em Nova Iorque até acabar o período escolar.

Durante os fins de semana, o presidente norte-americano costuma viajar para o clube privado de luxo Mar-a-Lago, em Palm Beach, na Flórida, e que é conhecida como Casa Branca de Inverno. Tem cerca de dez mil metros quadrados, 20 hectares de jardins e vista direta para o mar. De acordo com a Pursuitist, o preço da diária no clube ronda 1900 euros.

Afinal, o que é que Mar-a-Lago de Trump tem?

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A escolha de Donald Trump pela mansão em Palm Beach não tem, contudo, deixado a vizinhança contente. As medidas de segurança que rodeiam a estadia do presidente norte-americano têm dificultado a organização de eventos sociais na área.

De acordo com um estudo do Washington Post, o primeiro mês de Trump enquanto presidente dos EUA totalizou 744 horas. Destas, 182 horas foram passadas a trabalhar na Casa Branca, 13 horas foram passadas a escrever tweets, 6 foram passadas em reuniões com agências de inteligência, 21 horas em reuniões que têm a ver com política externa, 4 horas em conferências de imprensa e 25 horas a jogar golfe. Na Mar-a-Lago, Donald Trump passou 106 horas de lazer.