A Coreia do Norte reagiu, esta quinta-feira, ao início das manobras anuais conjuntas da Coreia do Sul e dos Estados Unidos com a sua habitual retórica bélica, prometendo a mais dura resposta de sempre, sem facultar mais detalhes. O exército norte-coreano afirmou que irá “frustrar impiedosamente” o ataque por parte dos agressores com a sua “preciosa espada nuclear”, prometendo a retaliação mais dura de sempre sem, no entanto, concretizar.

A Coreia do Sul e Washington iniciaram na quarta-feira exercícios anuais conjuntos, manobras que a Pyongyang considera um ensaio de invasão à Coreia do Norte.