O avançado do Atlético de Madrid, Fernando Torres, sofreu esta quinta-feira à noite um choque violento com outro jogador e caiu inanimado no relvado. Torres publicou, via Twitter ao fim da noite, uma mensagem de agradecimento pela preocupação e com a garantia de que estava bem e a recuperar, para alívio de adeptos e fãs.

O jogador recebeu alta médica esta sexta-feira de manhã, mas apesar de todos os exames realizados não terem verificado lesões graves, o espanhol de 32 anos não pode jogar nem treinar nos próximos dias, de modo a que a recuperação seja a 100%, de acordo com o jornal Marca. Fernando Torres e assim baixa confirmada para o jogo do Atlético de Madrid frente ao Valência, marcado para domingo à noite.

Nos minutos finais do jogo frente ao Deportivo da Corunha– que terminou com um empate de um golo –, Fernando Torres saltou com o jogador Alex Bergantiños, numa disputa pela bola, e uma pancada na cabeça fê-lo cair inanimado no relvado. A equipa médica entrou em campo e os colegas entraram em pânico, alguns até a chorar. Mais tarde, Torres saiu de campo levado numa maca, já com os sentidos, com um aplauso dos adeptos.

https://youtu.be/7TwKDuj1GiI

O Atlético de Madrid atualizou durante a noite desta quinta-feira o estado de saúde de Torres, confirmando um traumatismo crânio encefálico e que ia passar a noite no hospital para observação. Em declarações à EFE, o diretor de comunicação da empresa que representa Torres disse que o avançado “já recuperou a consciência e está calmo”.

Pouco tempo antes de Fernando Torres ter descansado os seus fãs, o Atlético de Madrid dava conta aos adeptos com a boa notícia de que o jogador já estava consciente e voltava a confirmar a estadia de uma noite no hospital, apenas por precaução.