No primeiro ato oficial enquanto primeira-dama, sem Donald Trump a seu lado, Melania visitou uma ala pediátrica do Hospital Presbiteriano de Nova Iorque, em Manhattan, e leu a crianças que aí estão internadas. O autor escolhido foi Theodor Seuss, em homenagem ao seu aniversário, que se celebra a 2 de março.

Apesar de relutante em aceitar o papel público de primeira-dama, tal como escreve o New York Times, a mulher do presidente norte-americano não hesitou em partilhar na sua conta oficial do Twitter uma fotografia que ilustra a tarde de leitura com os mais novos. Na legenda: “homenageando as crianças”.

Melania justificou a escolha do livro de Seuss (‘Oh, the Places You’ll Go!”) por ter mensagens que considera inspiradoras para a sua vida. E, entre as passagens que leu às crianças, escolheu uma que está entre as suas favoritas: “Serás tão famoso como os famosos podem ser”, leu do livro. “Com o mundo inteiro a ver-te vencer na TV.”

De acordo com o jornal, Melania disse estar ali para encorajar as crianças a ler e a pensar sobre o que querem alcançar na vida, numa visita que foi acompanhada por um número reduzido de jornalistas e de fotógrafos. Este foi o primeiro ato a solo da primeira-dama dos EUA, uma vez que a primeira-dama tem evitado a imprensa e a vida pública. E, apesar de ter manifestado interesse em combater o cyberbullying, ainda nada foi feito nesse sentido.