Quando foi pedido ao Facebook que lançasse uma funcionalidade extra nas publicações, um botão “não gosto”, a rede social optou por lançar as Reações, permitindo assim que os utilizadores se pudessem expressar melhor. No entanto, a ideia do botão “não gosto” pode estar a regressar e, os testes, estão a ser feitos na aplicação de troca de mensagens, o Messenger. A nova funcionalidade, disponível apenas para alguns utilizadores, permite acrescentar reações às mensagens recebidas, entre elas, uma mão com o polegar para cima (gosto) e outra com o polegar para baixo (não gosto).

Segundo o TechCrunch, alguns utilizadores podem ver, depois de passarem o rato, um emoji ao lado das mensagens que receberam no Messenger e, ao clicarem, reagir à mensagem recebida. Entre as reações já conhecidas, surge uma pequena alteração: além da mão do “gosto” ser amarela e não azul, como é normal, aparece ainda uma mão com o polegar para baixo, interpretado como o tão pedido botão “não gosto”.

O Facebook confirmou ao TechCrunch esta nova funcionalidade. “Estamos sempre a testar novas maneiras de tornar o Messenger mais divertido e atrativo. Este é um pequeno teste onde permitimos às pessoas que partilhem um emoji que melhor represente os seus sentimentos sobre uma mensagem.” Isto significa que, caso os utilizadores de teste aprovem a ideia, é provável que seja espalhada pelo resto do mundo.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A empresa interpreta o novo emoji como um botão “não”, referindo que, uma vez que o Messenger é utilizado muitas vezes para planear alguma coisa, torna-se mais fácil interagir numa conversa de grupo utilizando uma reação especifica para aquela mensagem em vez de uma resposta dirigida à pessoa em questão.

As Reações do Facebook contam com mais de 300 milhares de milhões enviadas até ao momento, com a “Adoro” a ser a mais utilizada.