O responsável da linha P da Huawei, Lao Shi, publicou, na rede social chinesa Weibo, que acredita que 4GB de RAM é mais que suficiente para um ‘smartphone’ funcionar de maneira fluida. Na mesma publicação, Shi acrescenta que o mais importante a fazer é otimizar o sistema operativo para que seja o mais eficiente possível.

Na publicação do responsável pela linha P da Huawei, Lao Shi chegou mesmo a referir os ‘smartphones’ da Apple que não precisam de muita memória RAM para que o sistema operativo corra de maneira fluida. Shi foi mais longe e disse até que adicionar mais RAM a um dispositivo vai apenas servir para aumentar o preço do equipamento, sendo algo desnecessário.

Como exemplo, Shi falou também dos ‘smartphones’ da Huawei. A empresa consegue obter melhores resultados em dispositivos que estejam equipados com “apenas” 4GB de RAM face a equipamentos de outras empresas que possuem 6GB de RAM no interior. Estes valores são apenas números fornecidos para dar algum conforto ao utilizadores, uma vez que esta quantidade de memória raramente é utilizada na integra.

O processador criado pela própria empresa chinesa, o Kirin 960, que equipa o Mate 9 e o P10, quando aliado a uma memória interna de 128GB e uma RAM de 4GB conseguiu obter resultados superiores, em testes de performance, do que equipamentos com 6GB de RAM.