As autoridades francesas encontraram, esta quarta-feira de manhã, os corpos da família Troadec, desaparecida desde 16 de fevereiro em França.

O cunhado da família, Hubert Caouissin, já tinha confessado ter assassinado o casal e os dois filhos — motivado pela disputa de uma herança — e acabou por revelar à polícia onde enterrou os corpos e algumas joias da família. Caouissin foi escoltado até ao local, uma quinta de 32 hectares em Pont-de-Buis, Finistère, na presença dos seus advogados e dos juízes encarregues do caso.

[O cunhado] apresentou uma atitude de cooperação com os investigadores da polícia judiciária”, informou o procurador Pierre Sennès ao jornal Ouest France.