As importações chinesas superaram em fevereiro as exportações, pela primeira vez em três anos, ao registarem um aumento homólogo de 44,7%, enquanto as compras ao exterior cresceram apenas 4,2%, segundo dados oficiais publicados esta quarta-feira.

O volume do comércio com o exterior ascendeu a 235.000 milhões de euros, no mês de fevereiro, uma subida homóloga de 21,9%, revelaram hoje as alfândegas do país asiático.

O déficit comercial da China ascendeu a 8.270 milhões de euros, depois de em janeiro o país ter registado um superavit superior a 48.500 milhões de euro.