O Nissan Qashqai da segunda geração acaba de receber a sua primeira actualização geral, dada a conhecer no Salão de Genebra. Nada por demais profundo ou extenso, mas suficientemente importante para concentrar atenções sobre um modelo que tem chegada ao mercado prevista para o próximo mês de Julho.

Exteriormente, os principais motivos de interesse residem na frente mais acutilante, graças à introdução da nova grelha de formato em “V” da marca nipónica, e dos faróis redesenhados, agora adaptativos e com luzes diurnas ao estilo boomerang, tema replicado nos farolins traseiros, mas com efeito 3D. Como é habitual nestes casos, também foram introduzidas novas cores de carroçaria: azul Vivid Blue e Chestnut Bronze.

No habitáculo marcam presença a nova decoração; o volante multifunções com acabamento cromado acetinado, secção inferior plana e novos comandos para o ecrã informativo do painel de instrumentos; os materiais de superior qualidade; a nova interface do sistema de infoentretenimento; e um novo sistema de som Bose de alta qualidade, com sete altifalantes. Adicionalmente, o Qashqai passa a ser proposto com um novo nível de equipamento Tekna+, que inclui banco em pele de elevada qualidade com revestimento 3D nos painéis das portas.

11 fotos

Não havendo novidades em termos de motores, o renovado Qashqai promete oferecer um desempenho dinâmico mais efectivo, graças às melhorias operadas na plataforma, nas suspensões, no amortecimento e na direcção, além de introduzir jantes de 17”, 18” e 19” optimizadas para maximizar a eficácia aerodinâmica (o Cx continua ser de 0,31, o melhor da categoria). Já a utilização de melhores materiais fonoabsorventes e de isolamento, e de um óculo traseiro de maior espessura, traduzir-se-ão numa redução do ruído a bordo.

8 fotos

Tão ou mais importante do que tudo isto, a evolução registada pelo popular SUV no âmbito dos auxiliares da condução. Pouco após o seu lançamento, a Nissan promete introduzir no Qashqai da nova geração a sua tecnologia de condução autónoma ProPilot, capaz de controlar a direção, a aceleração e a travagem numa faixa única em auto-estrada, seja em situações de congestionamento de tráfego como a velocidades de cruzeiro.

Por seu turno, o sistema de anticolisão passa a dispor de reconhecimento, enquanto que o alerta de tráfego traseiro está pela primeira vez disponível nesta gama – continuando a fazer parte dos seus atributos, neste particular, o reconhecimento de sinais de trânsito, o alerta de atenção do condutor, a assistência ao estacionamento, a monitorização do ângulo morto, o alerta de saída de faixa de rodagem e o monitor de visão panorâmica de 360°.

[jwplatform aLQstO49]