Braga volta a ser palco em abril do “maior e mais completo” evento dedicado aos drones e às novas tecnologias em Portugal, o iDrone Experience, anunciou esta quinta-feira a organização que espera captar 10.000 visitantes.

Apresentada esta quinta-feira, a segunda edição do iDrone Experience, a decorrer ininterruptamente entre 21 e 23 de abril, promete 100 equipas, nove competições, 16 provas, dois concursos, 80 “gamers”, 40 pilotos profissionais e uma “grande conferência”, tudo no Parque de Exposições de Braga.

Promovido pelo Município de Braga, IPCA — Instituto Politécnico do Cávado e Ave, InvestBraga e AIMinho, o evento tem como novidade a competição “Smart Hovercraft”, com drones anfíbios, a primeira do género em Portugal.

O evento terá também uma “iDrone MESC — Minho Electronic Sports Cup”, uma competição de desportos eletrónicos que se realiza pela primeira vez e que será jogada na vertente “Counter-Strike Global Offensive”.

A organização prometeu também mais área dedicada a atividades lúdicas, cerca de três vezes comparando com a edição de 2016, para “disponibilizar ao público novas experiências”.

Esta é uma área de vanguarda na transformação da sociedade pela multiplicidade de usos que possibilita e que representa, paralelamente, um desafio pela incerteza que ainda existe na forma como esta tecnologia poderá ser utilizada e enquadrada legalmente”, referiu o presidente da autarquia bracarense Ricardo Rio.

O iDrone Experience vai ainda reunir empresas, profissionais do setor, escolas, startups, prestadores de serviços, imprensa especializada, pilotos, programadores e “todos os aficionados por drones nas suas mais diversas e inovadoras utilizações”.

O evento abrange ainda uma área específica para formação e programação de drones, onde ocorrerão demonstrações permanentes e competições entre as equipas inscritas nas várias competições.