Uma avaria no radar de proximidade do aeroporto de Lisboa, cerca das 11h00, provocou atrasos em todas as partidas de aviões e também já afetou algumas chegadas, revelou à Lusa fonte da ANA (Aeroportos e Navegação Aérea). A avaria ocorrida levou à redução de cerca de 50% na capacidade de gestão do tráfego aéreo, disse fonte da Navegação Aérea de Portugal (NAV) à agência Lusa.

Segundo a mesma fonte, o tipo de avaria no radar de proximidade afetou todas as partidas dos voos, mas as chegadas continuaram a ser processadas normalmente. Contudo, com o decorrer da situação, o atraso nas partidas acabou por afetar também a chegada de alguns voos, adiantou.

Entre as partidas com atraso estão vários voos do aeroporto Humberto Delgado para o resto da Europa.

A agência Lusa contactou uma responsável da NAV (Navegação Aérea de Portugal), que disse que o caso já estava resolvido, ficando de fornecer mais detalhes sobre a ocorrência.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A avaria ocorrida levou à redução de cerca de 50% na capacidade de gestão do tráfego aéreo, tendo a avaria sido verificada no “processador de dados de voo” do sistema de gestão de tráfego aéreo, tendo, por razões de segurança, sido reduzido para metade a capacidade de gestão daquele tráfego em torno do aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa.

A fonte não avançou com qualquer previsão relativamente à reparação da avaria do sistema, admitindo que alguns voos com destino a Lisboa possam estar a divergir para outros aeroportos do país.

De acordo com a fonte, o tipo de avaria afetou todas as partidas dos voos, mas as chegadas continuaram a ser processadas normalmente. Contudo, com o decorrer da situação, o atraso provocado nas diversas partidas acabou por afetar também a chegada de alguns voos, acrescentou.

Entre as partidas com atraso estão vários voos de Lisboa para o resto da Europa.