O Ministério Público vai voltar a interrogar Joaquim Barroca, fundador do Grupo Lena, na próxima quinta-feira no âmbito da “Operação Marquês”. A notícia está a ser avançada pela SIC Notícias.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) já confirmou que irá interrogar uma última vez José Sócrates na segunda-feira à tarde. O antigo primeiro-ministro vai ser acusado de corrupção, branqueamento de capitais e fraude fiscal, os crimes pelos quais foi constituído arguido na Operação Marquês.

José Sócrates vai ser interrogado na 2.ª feira antes de ser acusado de corrupção

A PGR já tinha referido que outros arguidos do processo vão ser interrogados ao longo da próxima semana. “Estão, ainda, previstos interrogatórios de outros arguidos no decurso da próxima semana”, esclareceu a PGR, num comunicado enviado à agência Lusa.

Carlos Santos Silva, por sua vez, já foi interrogado na sexta-feira.