Universidade Católica

Francisco Veloso troca Católica por Imperial College em Londres

1.420

Ao fim de cinco anos à frente da Católica-Lisbon, Francisco Veloso ruma a Londres para ser o 'dean' de uma das mais importantes escolas de negócios do mundo.

Autor
  • Helena Cristina Coelho

Francisco Veloso vai deixar a direção da Católica-Lisbon para liderar a Business School do Imperial College London, uma das mais prestigiadas universidades e escolas de gestão do mundo, a partir do próximo dia 1 de Agosto. O académico português, com 47 anos, deixa a universidade portuguesa ao fim de cinco anos como ‘dean’ (diretor) da Católica Lisbon School of Business and Economic, anunciou o vice-diretor, Guilherme Almeida e Brito, num comunicado enviado aos antigos alunos da instituição.

O próprio Imperial College London já publicou no seu site oficial a notícia do novo diretor, apresentando Francisco Veloso como “um especialista em inovação que vai liderar a escola de negócios do Imperial College”, em Londres. Citado no mesmo artigo, Francisco Veloso assume que se sente “verdadeiramente honrado com este compromisso e encantado por se juntar a uma instituição de classe mundial”.

A importância crescente da inovação movida pela tecnologia e empreendedorismo em todas as áreas de negócio está a gerar oportunidades que entram claramente nos pontos fortes da universidade e da escola. Estou ansioso para começar a trabalhar com a faculdade para elevar a ‘business school’ a uma grandeza ainda maior”, refere Francisco Veloso, citado pelo Imperial College London.

Além do percurso académico, o Imperial College destaca o seu papel de consultor tanto do Governo português como da Comissão Europeia, onde tem colaborado com Carlos Moedas, o comissário para as áreas da inovação, empreendedorismo e desenvolvimento industrial.

A seleção de Francisco Veloso “decorre, em larga medida, da trajetória de sucesso que a Católica-Lisbon tem evidenciado ao longo destes anos”, explica a Católica no comunicado enviado hoje à tarde. “O compromisso com a excelência académica, a visão global, a aposta na investigação e um foco crescente na inovação e empreendedorismo, têm vindo a afirmar a nossa escola a nível internacional”, reforçam, o que justificou que a escola atingisse “a 23ª posição no ranking das Top European Business Schools do Financial Times, a melhor de sempre para uma faculdade nacional.”

Nascido em Lisboa em Outubro de 1969, Francisco Veloso é antigo aluno do Técnico, onde se licenciou em Engenharia Física, fez um doutoramento em Gestão de Tecnologia no MIT e é mestre em Gestão pelo ISEG. Além da direção da Católica-Lisbon, onde também dá aulas de Inovação e Empreendedorismo, é professor catedrático convidado em Carnegie Mellon, universidade norte-americana onde desenvolveu parte significativa da carreira. Os seus trabalhos de investigação, publicados em várias publicações internacionais, têm recebido várias distinções, incluindo o Alfred P. Sloan Industry Studies Fellowship ou o prémio Stan Hardy para o melhor artigo científico publicado na área de Gestão de Operações.

Em entrevista ao Financial Times, na rubrica “Meet the dean”, publicada no final de 2013 (um espaço dedicado aos diretores das principais escolas de negócios distinguidas anualmente no ranking da publicação), Francisco Veloso destacava a importância da investigação no seu trabalho e falava dos desafios da educação para os próximos anos.

A seleção da nova equipa diretiva da Católica-Lisbon, de acordo com o comunicado da universidade, será feita ao longo dos próximos meses. Francisco Veloso irá manter-se em funções até à tomada de posse da nova direção.

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Exames Nacionais

Reflexos na pauta /premium

Teresa Espassandim

Vamos lá lutar é por aquela décima no exame que a média agradece e os rankings rejubilam! Mas não esquecer o teatro, ERASMUS, o associativismo, o activismo, o desporto, o voluntariado, as viagens…

Polémica

Caso encerrado (ainda "O regresso do 'eduquês'")

José Pacheco

O senhor Torgal crê – uma crença não se discute – que as escolas são prédios, dentro dos quais professores do século XX tentam ensinar alunos do século XXI, seguindo práticas pedagógicas do século XIX

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)