Os livros de Barack e Michelle Obama sobre os anos passados na Casa Branca vão ser publicados em Portugal pela Objetiva, anunciou esta segunda-feira a Penguin Random House, grupo editorial ao qual pertence a editora. A Penguin, que lançará várias edições em inglês e em espanhol, irá publicar também uma edição brasileira, com a chancela da Companhia das Letras.

Os volumes ainda não têm data de lançamento, mas sabe-se que serão dedicados ao período em que Barack Obama ocupou o cargo de Presidente dos Estados Unidos da América.

A publicação dos livros foi anunciada no final de fevereiro pela Penguin Random House, mas só agora se soube que as memórias dos Obama chegarão também a Portugal. “Não poderíamos estar mais orgulhosos que os Obama tenham escolhido a Penguin Random House como a sua casa editorial mundial e britânica”, disse Tom Weldon, CEO da Penguin Random House no Reino Unido. Todos os nossos editores acreditam na verdadeira capacidade dos livros para mudar e moldar a vida para melhor. Sabemos que os livros dos Obama serão tanto obras magníficas como inspiradoras chamadas para a ação.”

Ainda não se conhecem valores, mas o Financial Times avança que o grupo editorial terá pago mais de 60 milhões de dólares (56 milhões de euros) pelos direitos de publicação dos livros de Barack e Michelle Obama, uma espécie de recorde no que diz respeito à edição de memórias de ex-Presidentes norte-americanos. Segundo o jornal The Guardian, Bill Clinton arrecadou 15 milhões de dólares (14 milhões de euros) pelos direitos do seu livro My Life after he left office. George W Bush, por outro lado, recebeu 10 milhões (9 milhões de euros).

Artigo atualizado a 14/3 às 10h30 com o nome da editora portuguesa