A zona euro registou em janeiro um défice de 600 milhões de euros na balança comercial externa, face a um excedente de 4,8 mil milhões no mês homólogo de 2016, segundo o Eurostat. Em janeiro, as exportações da zona euro para fora do bloco europeu ascenderam a 163,9 mil milhões de euros (mais 13% do que os 144,9 mil milhões de euros em janeiro de 2016) e as importações estabeleceram-se nos 164,5 mil milhões de euros (mais 17% do que os 140,1 mil milhões de euros de janeiro de 2016.

Já no que respeita ao conjunto dos 28 Estados-membros da União Europeia, o défice na balança comercial externa de bens agravou-se para os 16,2 mil milhões de euros, face ao de 12,1 mil milhões de euros em janeiro de 2016. As exportações da UE para o resto do mundo atingiram os 141,2 mil milhões de euros (mais 16% do que os 121,4 il milhões de euros no mês homólogo) e as importações saldaram-se em 157,4 mil milhões de euros, uma subida homóloga de 18% (133,5 mil milhões em janeiro de 2016).