O papa doou 100 mil dólares (92,5 mil euros) para ajudar os mais de 665 mil afetados pelas chuvas e inundações no Peru que causaram, até agora, 84 mortos, de acordo com a Conferência Episcopal Peruana (CEP).

Segundo um comunicado da CEP, a doação foi enviada pelo Pontifício Conselho para o Serviço de Desenvolvimento Integral Humano para ser distribuída através da Cáritas do Peru.

“Com este significativo gesto de preocupação paternal, o papa Francisco acompanha a dor de milhares de irmãos que sofrem em consequência dos estragados feitos pela natureza”, refere a nota.

A CEP agradeceu ao papa “em nome de todos os peruanos e especialmente pelos atingidos (…) pela sua oração e pelo seu gesto de proximidade para com os que sofrem e necessitam da nossa solidariedade”.

No passado domingo, durante a oração do Angelus na praça de São Pedro, o papa Francisco expressou a sua “proximidade” com a “querida” população do Peru.

O Peru enfrenta uma situação de emergência climática causada pelo fenómeno El Niño, que se manifesta quando o aquecimento do Oceano Pacífico gera intensas chuvas e deslizamentos de terra em toda a costa do país, principalmente nas zonas do norte e centro, incluindo Lima, a capital.

As inundações registadas desde dezembro causaram até agora 84 mortos e 666.534 afetados, segundo o último relatório oficial publicado pelo Centro de Operações de Emergência Nacional (COEN).