Desvendados em 2016, então através de simples imagens estáticas, os quatro protótipos que anunciam, segundo o conceito Vision Next 100, aquilo que poderá vir a ser o veículo do futuro na BMW, Mini, Rolls-Royce e BMW Motorrad, estão de volta. Pela primeira vez, num curto vídeo, divulgado pelo próprio fabricante, em que – não sem alguma fantasia à mistura – se antecipa uma nova era de mobilidade, na qual ao ser humano apenas é pedido que conduza, quando efectivamente o desejar.

No vídeo agora revelado, intitulado “Começou uma nova Era” (‘A new Era has begun‘), é possível observar uma realidade em que as máquinas serão capazes de se deslocar sozinhas a qualquer ponto, para apanhar um passageiro, transportando-o de forma autónoma e automática até ao seu destino. Ficando nas mãos deste a opção de participar ou não na condução, seja em que momento da viagem for.

Quanto aos quatro concepts, acabam por focar-se todos eles em aspectos e posicionamentos ligeiramente diferentes entre si. A começar pela moto eléctrica que, de certa forma, antevê aquele que poderá ser o futuro da divisão de motociclos da BMW. E que, além de se assumir como a proposta mais impactante em termos estéticos, está também equipada com tecnologias de ponta, como seja o caso do auto-equílíbrio, que impede que tombe para qualquer um dos lados, independentemente da acção do ocupante.

Já no caso do concept da Mini, baseia-se no princípio do meio de transporte partilhado, com os passageiros a pagarem pela utilização de um veículo disponibilizado numa espécie de regime de ride-sharing, nomeadamente, em cidade. Isto, com o habitáculo a conseguir adequar-se automaticamente às preferências de cada utilizador, não deixando sequer de dar as boas-vindas, de forma personalizada, a cada cliente.

15 fotos

Mas se a Mini parece apostar claramente nos jovens utilizadores citadinos, já o protótipo da BMW direcciona-se mais para as famílias. Sendo que, embora ligeiramente mais curto que o actual Série 5, a opção por uma propulsão eléctrica permite, desde logo, criar um habitáculo mais amplo, com o condutor a poder optar também pela condução autónoma, sempre que o desejo seja relaxar.

24 fotos

Finalmente, o Rolls-Royce Vision Next 100 vai ainda mais longe na imaginação, abandonando de vez elementos como o volante ou os pedais, para assim fazer do habitáculo um autêntico lounge. Ao mesmo tempo que ecrãs controlados pela voz ocupam grande parte daquilo que é o tradicional tablier.

33 fotos

No entanto, e enquanto este futuro não chega, bem mais próximo parece estar o lançamento de uma série de novos modelos, como é o caso de um novo crossover compacto que passará a ser o modelo de entrada na gama SUV da BMW, denominado X2. Ou ainda de um novo roadster, que muito provavelmente deverá sair para o mercado com a designação Z5. Sem esquecer a já aguardada renovação da gama da submarca eléctrica ‘i’, composta pelo i3 e pelo i8.