Relação mantém pena de prisão para Vara

O Tribunal da Relação do Porto negou o recurso apresentado por Armando Vara e mantém a pena de prisão de cinco anos no processo Face Oculta. O socialista vai agora recorrer para o Constitucional.

Por Rui Pedro Antunes, Ana Suspiro, Agência Lusa