O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), indicador que mede a inflação no Brasil, registou um aumento de 0,25% em março, a menor subida para o mês desde 2012, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Com este resultado, o aumento dos preços durante o primeiro trimestre totaliza 0,96%, o melhor resultado para este período do ano desde o início do Plano Real, em 1994. No acumulado dos últimos 12 meses, a inflação brasileira cresceu 4,57%, menos que os 4,76% atingidos nos 12 meses imediatamente anteriores.

Em março houve uma queda de quatro dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados para o cálculo da inflação no país: transportes (-0,86%), comunicações (-0,63%), artigos de residência (-0,29%) e vestuário (-0,12%). Por outro lado, o reajuste dos preços da energia elétrica (4,43%) impulsionou a pequena subida da inflação no Brasil.

O IPCA é calculado pelo IBGE desde 1980 e abrange dez regiões metropolitanas do país, além dos municípios de Goiânia, Campo Grande e de Brasília. Para o cálculo do índice do mês de março foram comparados os preços coletados no período de 25 de fevereiro a 29 de março de 2017.