O Governo vai entregar “em breve” uma proposta ao parlamento sobre o acesso, mediante condições, a metadados de eventuais suspeitos de terrorismo, anunciou esta quinta-feira a ministra da Administração Interna. Constança Urbano de Sousa fez o anúncio num debate sobre a área da Administração Interna, previsto no regimento, e em resposta a uma pergunta do deputado do CDS-PP Telmo Correia.

A ministra admitiu que é necessário ultrapassar “de forma inteligente” o “chumbo” do Tribunal Constitucional à lei do anterior Governo que permitia o acesso a metadados de telecomunicações, como o tempo e duração de chamadas de telemóveis, pelos serviços de informações.