Depois de, em Janeiro, dar a conhecer a nova geração da berlina LS, o seu modelo de topo, no Salão de Detroit, a Lexus elegeu o Salão de Nova Iorque para estrear a sua variante mais desportiva – o LS F Sport. Uma proposta que se distingue não só pela sua aparência de acordo com o nome que ostenta, mas também por uma série de elementos que visam aprimorar o desempenho dinâmico do veículo, e incrementar o grau de envolvimento de quem segue ao volante.

Apesar de disponível, nos mercados internacionais, com o motor 3.5-V6 biturbo a gasolina de 420 cv, ou com a motorização híbrida de 360 cv, em Portugal, e tal como acontece com o LS “normal”, o LS F Sport apenas será lançado na sua variante híbrida. Em ambos os casos, a chegada ao mercado está marcada para Janeiro de 2018.

Visualmente, os designers da Lexus aplicaram no LS F Sport uma nova grelha, que demorou cinco meses a ser desenvolvida, e recebeu 7100 ajustamentos individuais, até se alcançar o resultado pretendido em termos visuais e de textura, além de garantir uma refrigeração melhorada. A completar o look exterior estão as saias laterais e as aplicações na tampa da mala específicas, bem como as exclusivas jantes de liga leve de 20”.

Passando ao habitáculo, referência para os bancos dianteiros específicos do LS F Sport, com maior apoio lateral, revestidos a pele (perfurada ao centro, à semelhança do que acontece com o manípulo de comando da caixa) e camurça (o mesmo material que reveste o tejadilho) e com aplicações em alumínio. Ao mesmo tempo, o painel de instrumentos oferece uma configuração específica, oriunda do superdesportivo LFA, e a pedaleira é em alumínio. Está ainda disponível, em opção, um interior em vermelho, ainda mais desportivo, e exclusivo das versões F Sport.

Para aumentar a eficácia dinâmica, sobretudo quando se impõem ritmos mais intensos, o LS F Sport monta jantes de 20”, revestidas por pneus de medida 245/45 na frente, e 275/40 atrás, discos de travão de maiores dimensões (actuados por pinças dianteiras de seis pistões, e traseiras de quatro pistões), quatro rodas direcionais (apenas nas versões de tracção traseira), direcção de desmultiplicação variável e uma suspensão de afinação desportiva, com uma função de variação rápida da altura ao solo. A motorização híbrida de 360 cv garante ao LS F Sport uma aceleração de 5,2 segundos nos 0-96 km/h, ao mesmo tempo que, quando as condições de utilização assim o permitem, está apta a desligar o motor a velocidades de até 140 km/h.