O Fiat Tipo 4 Portas 1.3 MultiJet II 95 Easy bateu sete concorrentes no segmento das viaturas compactas, enquanto o Fiat Tipo Station Wagon 1.3 MultiJet II 95 Pop se classificou em primeiro como o novo modelo mais eficiente economicamente no respectivo segmento, vencendo nada menos que nove rivais. Estas foram as duas distinções alcançadas pela Fiat, na mais recente edição dos prémios Marcus – iniciativa da responsabilidade do clube austríaco do automóvel ÖAMTC (Österreichische Automobil-, Motorrad- und Touring Club).

Já na sua quinta edição, o concurso envolveu 47 novos automóveis lançados no ano passado, os quais foram depois organizados em seis grupos, de acordo com os respectivos custos de utilização e níveis de segurança. “A rentabilidade foi calculada por especialistas do ÖAMTC através da análise dos custos de cada modelo em análise, segundo uma fórmula prática e consolidada que premeia os modelos novos com menores custos de exercício mensais em cada categoria”, explica a marca transalpina em comunicado.

13 fotos

Comercializado sob o slogan “não é preciso muito para ter tanto”, o novo Tipo – com as suas três carroçarias (quatro portas, cinco portas e station wagon) – representa já mais de 20% das vendas da Fiat no mercado português, após um ano de comercialização. Segundo a marca, “desde as primeiras fases de desenvolvimento” deste produto, “foi dada uma especial atenção ao custo total de propriedade (TCO)”, cujos valores se situam “no topo da categoria”, graças ao “reduzido consumo de combustível a par de baixos custos de manutenção e de exercício”. Para além disso, acrescenta a Fiat, “a gama simples e racional e o generoso equipamento de série mantêm os valores residuais em níveis elevados ao longo do tempo, enquanto a versão específica Business oferece uma solução abrangente aos clientes frotistas”.

Em Portugal, a gama Tipo é comercializada por valores que se iniciam nos 16.150€.

[jwplatform rBSJdyzR]