Páscoa

Fotogaleria. O mexilhão “santo” das praias de Sintra

654

Na Praia do Magoito, a tradição persiste: todos os anos, na Sexta-Feira Santa, dezenas de pessoas apanham mexilhões junto às rochas. Este ano não foi diferente. Veja a fotogaleria.

Todos os anos por altura da Páscoa, a Praia do Magoito, em Sintra, enche-se de dezenas (senão centenas) de pessoas que, de faca em riste, se dedicam à apanha do mexilhão. A tradição é bem antiga e acredita-se que tenha surgido por causa de outro costume — o de não se comer carne na Sexta-Feira Santa.

A praia começou a encher-se logo pela manhã. Munidos de baldes e de sacos de plástico, amigos e familiares juntaram-se perto das rochas para apanhar os mexilhões, assim que a maré começou a vazar. Este ano, o tempo esteve favorável e foram várias as dezenas de pessoas que se reuniram na Praia do Magoito durante uma boa parte do dia. À tarde, levaram sacos e baldes cheios para casa.

Apesar de esta tradição acontecer todos os anos no Magoito, não é exclusiva desta praia. Além de se estender a outras praias do concelho de Sintra, como a Praia das Maçãs e a Praia da Adraga, decorre também em algumas praias do município de Cascais, como a das Avencas, Mexilhoeiro e Cabo Raso, assim como nas praias da Ericeira, já no concelho de Mafra.

Veja na fotogaleria as imagens da apanha deste ano na Praia do Magoito.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: rcipriano@observador.pt
Páscoa

A Boa Nova, os boatos e as ‘fake news’

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
346

O Evangelho é, etimologicamente, a boa nova, mas não faltam pessoas que pensam que é um boato sem fundamento ou, pior ainda, mais uma ‘fake news’.

Efeméride

Maio de 68: 50 anos depois

João Carlos Espada

Contra os anseios revolucionários de Maio de 68, a França permaneceu “burguesa”, isto é, livre e democrática. Pôde assim absorver ideias de Maio de 68, que teriam sido esmagadas pelos comunistas.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site