Um rapaz de 14 anos foi alvejado na cabeça por uma arma de fogo no sábado à noite. O adolescente de Rio Covo – Santa Eugénia, Barcelos, ficou em estado grave, segundo confirmou ao Observador fonte dos Bombeiros de Barcelinhos. A notícia foi avançada, em primeira mão, pelo Porto Canal.

Os bombeiros foram chamados às 21h51 e o adolescente deu entrada no Hospital de Braga às 23h05 — posteriormente foi transferido para um hospital do Porto. No local, além dos bombeiros de Barcelinhos, estiveram ainda uma ambulância e uma VMER de Barcelos.

A agência Lusa cita fonte da GNR que diz que a arma em questão era uma pistola de calibre 6.35 mm que estava em casa e, segundo a Lusa, era da mãe.

Não se sabe ao certo o que terá acontecido, se terá sido uma tentativa de suicídio ou uma apenas brincadeira que correu mal. Apesar de alguns meios avançarem tratar-se de um tiro de caçadeira, fonte dos bombeiros não confirmar essa informação, referindo apenas que o alegado acidente aconteceu com uma arma de fogo.

A investigação ainda está em curso, depois de a Polícia Judiciária ter apreendido a arma.