Rádio Observador

Festas

Festival Internacional da Máscara Ibérica vai reunir mais de 600 participantes

195

O Festival Internacional da Máscara Ibérica (FIMI) vai decorrer pela primeira vez no Jardim da Praça do Império, em Lisboa, de 4 a 7 de maio, e contará com um total de 650 participantes.

Uma outra novidade desta edição é a participação da associação Urban Sketchers Portugal

LUSA

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

O Festival Internacional da Máscara Ibérica (FIMI) vai decorrer pela primeira vez no Jardim da Praça do Império, em Lisboa, de 4 a 7 de maio, e contará com um total de 650 participantes, anunciou a organização.

O FIMI, na sua 12.ª edição, pretende cruzar “o património histórico e cultural” da cidade de Lisboa “com as tradições ancestrais da Península Ibérica”, através de uma série de iniciativas como desfiles, mostra das regiões, concertos, exposições, tertúlias, entre outras, de acordo com um comunicado da organização.

O primeiro momento do certame decorrerá logo no dia 27 de abril, com a inauguração da exposição “Máscara Ibérica” no Centro Cultural Casapiano, seguida da inauguração da exposição de aguarelas e máscaras “As Máscaras | Maçcaras”, de Manuel Ferreira e Carlos Ferreira, que acontecerá no Museu Nacional de Arqueologia.

No âmbito de Lisboa como Capital Ibero-americana de Cultura, o Brasil, a Colômbia e o Perú são os países convidados do XII Desfile da Máscara Ibérica, que se realiza no dia 6 de maio, a partir das 16h30.

Neste desfile, os Caretos de Salsas e os Caretos de Grijó, de Bragança, as Madamas de Torre de Dona Chama, de Mirandela, e o Brutamontes do Auto de Floripes, de Viana do Castelo, são alguns dos representantes portugueses, que se juntam, pela primeira vez, a grupos de outras localidades, como Coimbra, Ílhavo, Macedo de Cavaleiros, Mira, Miranda do Douro, Mogadouro e Vila Real.

De Espanha, são esperados Los Gigantes y Cabezudos de Aranda de Duero, de Burgos, Los Gigantes de Sant Jordi del Tricentenário, da Catalunha, além de outros grupos das Astúrias, Cáceres, Galiza, Salamanca, León e Guadalajara.

Por seu lado, os países convidados vão apresentar o Boi Bumbá, do Brasil, o Carnaval de Barranquilla, da Colômbia, e a Diablada, do Perú, neste desfile da Máscara Ibérica que acontecerá na Praça do Museu de Marinha e no Jardim da Praça do Império.

Uma outra novidade desta edição é a participação da associação Urban Sketchers Portugal, que ao longo dos quatro dias de festival “irá realizar uma ‘open call’, convidando todos e todas para o registo artístico, através do desenho”.

Considerada “uma das bandas de gaitas mais reconhecidas em todo o mundo”, a Real Banda de Gaitas de Oviedo, das Astúrias, vai marcar presença no FIMI com atuações nos dias 5 e 6 de maio, respetivamente no Centro Cultural de Belém e no Jardim da Praça do Império, às 12h00.

No dia 5 de maio, haverá dois concertos de grupos portugueses: o primeiro será, às 18h30, com a atuação da Orquestra de Foles e o segundo está previsto que aconteça, às 21h30, com o grupo Galandum Galundaina.

Durante o fim de semana, nos dias 6 e 7 de maio, haverá mais concertos no Jardim da Praça do Império com Los Niños de Los Ojos Rojos, de Espanha, que atuarão no dia 6 de maio, às 21h30, no palco ibérico, e o grupo Sons do Douro, de Portugal, no dia 7 de maio, às 17h00.

Paralelamente a estas iniciativas, no Museu Nacional de Arqueologia, na Casa da América Latina e na Casa Pia de Lisboa, têm lugar uma série de outras iniciativas como exposições, debates e atuações de grupos de desfile.

Realizado numa parceria entre a Associação para o Desenvolvimento do Turismo Cultural (PROGESTUR), a Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural (EGEAC) e a Câmara Municipal de Lisboa, o FIMI apresenta-se, desde 2006, como um projeto de dimensão ibérica e internacional.

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Igualdade de Género

Género: igualdade ou ideologia?

Diogo Costa Gonçalves

Se estamos perante uma (nova) visão antropológica, porquê qualificá-la como ideologia? Porque tal ideia pré-concebida vive em constante tensão com a realidade empírica, começando pela própria biologia

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)