Várias pessoas ficaram feridas, no domingo, em Nova Iorque devido ao pânico gerado quando o som de garrafas a partir foi confundido com tiros, no segundo incidente deste tipo registado nos últimos dias. De acordo com fontes policiais e dos bombeiros, citadas pela cadeira norte-americana CBS, o incidente registou-se perto do parque de atrações de Coney Island, um dos locais favoritos dos nova-iorquinos para desfrutar das praias.

Durante o conflito no parque, que acabou com uma pessoa detida, algumas garrafas de vidro partiram-se, e um dos fortes ruídos foi confundido com um disparo, o que gerou caos. A polícia negou a ocorrência de qualquer tiroteio no local. “Qualquer relato sobre disparos na área do parque recreativo de Coney Island é falso. Não se fizeram disparos”, de acordo com a página da esquadra da zona, na rede de mensagens instantâneas Twitter.

O incidente causou vários feridos ligeiros, mas as autoridades não adiantaram um número concreto.

Na sexta-feira à noite, registou-se uma situação semelhante na estação de comboios de Penn Station, em Manhattan, quando falsos disparos geraram pânico, causando 16 feridos ligeiros. Nessa ocasião, o ruído foi gerado por uma pistola ‘taser’ usada pela polícia na detenção de uma pessoa.