Hoje em dia o fabricante automóvel que mais tem procurado afirmar a tecnologia Fuell Cell na Europa, sendo mesmo a marca que mais carros a hidrogénio tem fornecido no Velho Continente, a Hyundai acaba de dar mais um passo nos esforços de viabilização desta solução alternativa de mobilidade. Desta feita, com o apoio à construção de uma infraestrutura de abastecimento, na Islândia.

A iniciativa foi levada a cabo na sequência de uma parceria celebrada com a islandesa H2ME, visando promover o desenvolvimento e comercialização dos automóveis a hidrogénio, enquanto alternativa aos veículos movidos a combustíveis fósseis. Sendo que, depois de ter começado por instalar uma estação de abastecimento na sua sede europeia, na Alemanha, a Hyundai ajuda agora à construção de uma infraestrutura similar, na Islândia.

“Com o lançamento da iniciativa Fuel Cell na Islândia, a Hyundai estará presente em 14 países europeus com os seus automóveis movidos a hidrogénio”, recorda o chefe de Operações (COO) da Hyundai Motor Europe, Thomas A. Schmid, salientando que “isto vem reforçar o papel pioneiro” da marca “no campo da tecnologia Fuel Cell na Europa”, mas também “como líderes”.

O mesmo responsável revelou ainda que o Concept FE Fuel Cell, apresentado no Salão Automóvel de Genebra, permite “ter uma ideia” de como será a “próxima geração de automóveis Fuel Cell” da Hyundai. Sendo que, uma versão de produção deste mesmo modelo, deverá chegar ao mercado já em 2018. Ainda de acordo com o fabricante sul-coreano, com uma autonomia de 800 km com um único depósito.