Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Com 200 países ligados, mais de dez milhões de vagas de emprego, acesso a mais de nove milhões de empresas e com um total de mais de 100 mil artigos publicados todos os dias, o LinkedIn atingiu, esta terça-feira, a meta dos 500 milhões de utilizadores, tornando-se a maior comunidade profissional de sempre.

Lançada a 5 de maio de 2003, a rede social focada no mundo profissional tem conseguido manter-se no ativo ao longo dos últimos 14 anos apostando sempre em oferecer aos utilizadores uma experiência simples e intuitiva para que conseguissem entrar em contacto com diversas empresas, profissionais e, também, para ajudar a combater o desemprego.

Os Emirados Árabes Unidos são o país com maior número de utilizadores ligados à rede, mas é em Londres o local com maior número de conexões.

Na rede social é possível procurar emprego, criar um currículo online num formato mais apelativo e com a possibilidade de partilhar os trabalhos criados. Pode ainda recomendar e ser recomendado ou destacar algumas das suas competências.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR