Numa altura em que já se fala na chegada do Porsche 911 GT2, a Ferrari pode estar a preparar um adversário à altura para o carro alemão – nada mais, nada menos que uma versão ainda mais potente e melhorada do Ferrari 488 GTB, essencialmente vocacionada para pista.

Segundo avança a Autocar, a nova versão deverá fazer regressar a sigla GTO, acompanhada do conhecido V8 3,9 litros a gasolina, embora com potência aumentada para 710 cv. Ou seja, mais 30 cv que no 488 GTB standard.

Por outro lado e embora não existam ainda quaisquer informações sobre o binário, é de prever que também este venha a registar uma subida face aos 760 Nm oferecidos pela versão já em comercialização.

Contudo, os melhoramentos neste 488 GTB muito especial não se limitarão ao motor, também se deverão concentrar no peso. O qual e de acordo com os rumores, deverá cair para baixo dos 1.400 kg, isto é cerca de 75 kg, graças à introdução de discos de cerâmica e jantes forjadas, ambos mais leves, assim como de vidros mais finos, além da retirada de alguns dos materiais de isolamento sonoro e outros pequenos componentes não essenciais. Soluções à imagem das aplicadas nos 458 Speciale.

Já no domínio da aerodinâmica, a Ferrari deverá dotar este GTO não apenas de uma estética exterior mais agressiva e eficaz, como também de uma evolução do sistema Side Slip Angle Control (SSC) – componente estreado no 458 Speciale e que, utilizando um algoritmo muito sofisticado, leva em linha de conta o ângulo da direcção, a aceleração lateral e a velocidade para, de forma instantânea, calcular o ângulo de deslizamento e ajustar o controlo de tracção de acordo com as necessidades do momento. Isto, ao mesmo tempo que contribui para uma melhor gestão na disponibilização do potência, melhorando a capacidade de tracção e aceleração em curva.

Tomando como ponto de partida o facto de o 488 GTB conseguir acelerar dos 0 aos 100 km/h em 3,0 segundos, será possível acreditar que o 488 GTO levará ainda mais longe essa marca, atingindo os 2,8 segundos. O mesmo acontecendo na aceleração dos 0 aos 200 km/h, que o GTB faz em 8,3 segundos. Fazendo com que, igual, fiquem apenas os números relativos à velocidade máxima, que na versão standard, é de 330 km/h.

Ainda de acordo com a Autocar, esta nova variante do 488 deverá chegar ao mercado em 2018. Sendo que, também devido ao espírito mais hardcore do modelo e ao forçoso número reduzido de unidades, tudo indica que o GTO venha a estar disponível, numa versão base, com preços a partir dos 252 mil euros, sensivelmente.