Os fuzileiros da Marinha portuguesa vão pela primeira vez participar numa das mais prestigiadas competições internacionais entre unidades de operações especiais, a Warrior Competition, que decorre na Jordânia entre este domingo e 4 de maio.

Em comunicado hoje divulgado, a Marinha indica que a unidade de elite dos fuzileiros, pertencente ao Destacamento de Ações Especiais (DAE), é uma das 33 equipas de 17 países que disputarão no King Abdullah II Special Operation Training Center (KASOTC) provas que envolvem trabalho de equipa, combate em espaços confinados, tiro, travessia de obstáculos e outras atividades táticas de elevada exigência.

De acordo com a nota de imprensa, o KASOTC, onde se realizarão as provas da Warrior Competition, “é um dos mais sofisticados centros de treino para forças de operações especiais, com infraestruturas especializadas para a simulação de cenários de combate, com níveis de realismo muito elevados”.