Depois de Marine Le Pen o ter acusado de ter uma conta nas Bahamas — o que já motivou a abertura de um processo preliminar por parte do Ministério Público francês –, Emmanuel Macron recebeu esta quinta-feira um apoio de peso: o de Barack Obama.

Num vídeo de um minuto que Macron partilhou no Twitter, Obama elogia o projeto do candidato independente às presidenciais francesas, sublinhando que Macron se “levantou pelos valores liberais, projetou uma visão sobre o importante papel da França na Europa e em todo o mundo, e está comprometido com um melhor futuro para o povo francês”.

Para o antigo presidente dos EUA, Macron “fala às esperanças das pessoas e não aos seus medos”. Por isso, Obama recorda como gostou “de falar com Emmanuel recentemente, para o ouvir sobre o seu movimento independente e sobre a sua visão para o futuro de França”.

“Não planeio envolver-me em muitas eleições, agora que já não tenho de me candidatar novamente. Mas a eleição em França é muito importante para o futuro de França e para os valores com que nos preocupamos tanto, porque o sucesso de França importa para todo o mundo”, diz Obama no vídeo, sublinhando que admirou a campanha de Macron.

“Sei que enfrenta muitos desafios e quero que todos os meus amigos em França saibam o quanto estou a torcer pelo seu sucesso”, afirma Barack Obama. “Devido à importância desta eleição quero saibam que eu apoio Emmanuel Macron”, conclui, terminando o vídeo em francês, com uma referência ao nome do movimento liderado por Macron: “En Marche, vive la France!”