A Administração Regional de Saúde do Norte anunciou, esta segunda-feira, o investimento de mais de 13 milhões de euros em obras em hospitais do Porto, Guimarães, Chaves, Vila Nova de Gaia, Santa Maria da Feira, Bragança e Viana do Castelo.

Em comunicado divulgado esta segunda-feira, a Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-N) explica que devem começar “ainda no decurso deste semestre” as obras de “beneficiação e ampliação” das unidades hospitalares de Santo António (Porto, Senhora da Oliveira (Guimarães); Chaves; Bragança; São Sebastião (Vila da Feira); Vila Nova de Gaia e Viana do Castelo.

De acordo com a ARS-N, “está igualmente prevista, dentro do mesmo período, a assinatura de vários contratos no âmbito da Rede Nacional de Cuidados Integrados – Saúde Mental” e a conclusão da renovação do parque informático nos Cuidados de Saúde Primários, num investimento superior a 1,7 milhões de euros.

A ARS-N espera concluir a renovação do parque informático “até ao fim desta semana, com a instalação de mil novos computadores (no total são mais de 3.300)”.

Segundo a ARS-N, “brevemente” vão estar operacionais os rastreios através da teledermatologia em todos os Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES) do distrito de Braga, em Vila Real, nos ACES Marão e Douro Sul (com o Hospital de Viseu) e nos ACES de Vila do Conde (com o Hospital Pedro Hispano).

A ARS-N recorda que a teledermatologia já é aplicada nos “ACES de referência da Unidade Local de Saúde (ULS) do Nordeste para o Centro Hospitalar do Porto, de todos os ACES de referência para o Centro Hospitalar de São João, e em Matosinhos, Guimarães e Viana do Castelo. “O valor do investimento só em equipamento de imagem foi de, aproximadamente, 45 mil euros”, descreve a ARS-N.