José Júlio Pereira Gomes, ex-secretário de Estado da Defesa e atual embaixador português em Estocolmo, foi esta terça-feira anunciado como secretário-geral do Sistema de Informações da República Portuguesa. A nomeação foi anunciada pelo gabinete do primeiro-ministro.

O atual secretário-geral, Júlio Pereira, mantém-se no cargo até final da visita do Papa Francisco a Fátima. O nome de Pereira Gomes (que teve a aprovação do líder do PSD, Pedro Passos Coelho) vai agora seguir para a Assembleia da República, onde o próximo secretário-geral das Secretas terá de ser ouvido em audição.

Pereira Gomes foi secretário de Estado da Defesa no primeiro Governo de António Guterres, tendo mais recentemente sido nomeado por Passos Coelho embaixador português em Estocolmo. Antes também fora diplomata, na República Checa e, em duas ocasiões, em Genebra.

O secretário-geral cessante do Sistema de Informações da República Portuguesa, Júlio Pereira, encontrava-se no cargo há 12 anos, tendo sido indicado para o mesmo por José Sócrates. O secretário-geral das Secretas tem a seu cargo a tutela os dois serviços de informações: o Serviço de Informações de Segurança, responsável por ameaças internas, e o Serviço de Informações Estratégicas de Defesa, focado nas ameaças externas.