A empresa cubana Imbondex foi escolhida pelo Governo angolano para reabilitar vários troços de estradas na região dos Dembos, província do Bengo, empreitadas que valem quase 277 milhões de euros.

Em causa estão 282,19 quilómetros de estradas a reabilitar, incluindo obras em pontes (375 metros), ao abrigo do programa da construção de infraestruturas rodoviárias naquela região “com vista a melhoria da circulação rodoviária e da qualidade de vida na província”, lê-se no despacho presidencial que autoriza o negócio.

No documento, de final de abril e a que a Lusa teve acesso esta quarta-feira, o Presidente angolano autoriza a contratação dos cubanos da Imbondex – Construções e Materiais de Construção SA por 49,9 mil milhões de kwanzas (277 milhões de euros), para as várias empreitadas rodoviárias na região dos Dembos, nomeadamente em troços da Estrada Nacional 230.

A construção civil e obras públicas, incluindo a reabilitação de estradas e edifícios, é uma das vertentes da cooperação económica entre Angola e Cuba, além do apoio no ensino e saúde, com milhares de professores e médicos cubanos a trabalharem atualmente em várias províncias angolanas.