Uma explosão ocorreu esta sexta-feira de manhã num parque de estacionamento junto a um dos principais postos de correios da cidade de Roma. Não há registo de feridos, apenas estragos em veículos, e a polícia acredita tratar-se de um “ato de protesto”. Na origem da explosão estava uma bomba artesanal de fabrico rudimentar, que foi colocada junto a dois carros num parque de estacionamento.

De acordo com a imprensa italiana, a explosão ocorreu perto das 9h locais, Não houve feridos, mas houve momentos de azáfama e pânico entre quem se encontrava nas proximidades, nomeadamente os funcionários dos correios que já tinham chegado ao local de trabalho.

A polícia, segundo o Il Giornale, acredita que o engenho foi acionado a partir de controlo remoto, à distância, mas não é claro quem era o alvo. Ou se havia alvo. Aos jornalistas, a polícia disse que não havia suspeitas de ligações a ataques terroristas, sendo mais forte a tese de que o ataque não tenha sido mais do que uma manifestação de força presumivelmente da parte de grupos anarquistas que já têm estado por detrás de outras pequenas explosões semelhantes.

A segurança na capital italiana tem vindo a ser apertada na sequência dos sucessivos ataques terroristas que têm ocorrido na Europa e aos quais a capital italiana tem escapado.