O 128.º curso de Comandos registou até ao momento 40 desistências a pedido dos instruendos, prosseguindo a formação apenas 17 dos 57 militares iniciais, disse esta segunda-feira à Lusa o porta-voz do Exército.

O 128.º curso iniciou-se a 7 de abril e terá a duração de 16 semanas, terminando em meados de julho. Segundo dados avançados esta segunda-feira ao final do dia à Lusa, dos 57 formandos que iniciaram o curso desistiram 40, a pedido dos próprios.

Estão na formação, no regimento da Carregueira, em Sintra, 17 formandos, dos quais três oficiais, dois sargentos e 12 praças, adiantou o Exército. No curso anterior, do total de 67 formandos iniciais, receberam a boina e o crachá de Comando 23 militares. O 127.º curso ficou marcado pela morte dos recrutas Hugo Abreu e Dylan Araújo, em setembro do ano passado.