A United Airlines está a alterar os códigos que abrem as portas do cockpit de todos os aviões da companhia depois de terem sido divulgados publicamente por acidente num site, durante o passado fim de semana. De acordo com o Wall Street Journal, o autor da divulgação terá sido um comissário de bordo que publicou as informações acidentalmente, sendo avisado de seguida.

Estamos a trabalhar para alterar os códigos em todos os nossos aviões. A companhia aérea ainda pode manter a segurança das suas plataformas de voo através de outras medidas”, conta Maddie King, porta-voz da United Airlines, ao Wall Street Journal

A companhia aérea pediu de imediato que os pilotos usassem as medidas de segurança alternativas de que a United Airlines, a terceira maior companhia aérea do mundo, dispõe para além dos códigos de acesso — medidas que não referiu especificamente.

A divulgação destes códigos não estão relacionados com nenhum ataque informático, assegura a porta-voz da companhia aérea em declarações à AP, acrescentando que não causou qualquer atraso ou cancelamento dos voos.