A Sonae Sierra teve lucros de 15,9 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano, menos 4,2% do que em igual período do ano passado, informou esta terça-feira a empresa do grupo Sonae que faz a gestão de centros comercias.

Em comunicado, através da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Sonae Sierra justifica esta queda no resultado com as “alienações parciais realizadas em 2016” de centros comerciais na Alemanha (Loop5), Espanha (Luz del Tajo) e ainda em Portugal (AlgarveShopping e Estação Viana Shopping), assim como à redução da participação no fundo de investimento Sierra Portugal Fund.

Contudo, diz, algumas perdas foram compensadas “pela abertura do centro comercial ParkLake (Roménia) em setembro de 2016”.

Quanto a outros indicadores, o EBIT (resultados antes de juros e impostos ou resultado operacional) registado no primeiro trimestre foi de 25 milhões de euros, neste caso apenas menos 1% face aos primeiros três meses de 2016, enquanto o resultado direto (EBIT reduzido de custos e impostos) subiu 2% para 15,1 milhões de euros.