O Zomato, a aplicação que ajuda a escolher restaurantes, confirmou esta quinta-feira que os endereços de email e palavras-passe de 17 milhões de utilizadores foram roubadas por hackers num ataque informático à empresa. O fundador da empresa, Deepinder Goyal, garantiu contudo já no Twitter que não foram obtidas informações de pagamento ou detalhes sobre os cartões de crédito dos utilizadores.

As vossas informações de pagamento e de morada estão completamente seguras.”

Os protocolos de segurança da aplicação encriptam a password que os utilizadores escolhem, o que torna praticamente impossível que as senhas sejam decifradas. De qualquer das formas, e se tem conta criada no Zomato, a empresa aconselha a que altere a sua palavra-passe, especialmente se utilizar noutros sites.

A empresa adianta que acredita tratar-se de uma violação de segurança interna. “Como precaução, redefinimos as senhas de todos os utilizadores afetados e fizemos log out tanto da aplicação como do site.”

O Zomato tem mais de 120 milhões de utilizadores ativos todos os meses e abrange mais de um milhão de restaurantes em 24 países.