Muitos rumores e especulação têm rodeado a nova geração do automóvel eléctrico mais vendido do mundo. Mas, agora, a Nissan decidiu dar oficialmente início à promoção do novo Leaf, com a campanha a arrancar com a revelação de uma fotografia do modelo, que, infelizmente, não permite ver mais do que o respectivo farol dianteiro…

Mas nem tudo serão más notícias para os amantes do eléctrico nipónico, e não só. Apesar do inquestionável êxito que tem marcado a sua carreira, a estética dificilmente poderá ser considerada como o principal atractivo do Leaf da primeira geração – para muitos excessivamente disruptiva e arrojada, e em que as suas incontornáveis ópticas frontais são elemento fundamental.

Ora, pelo que se pode ver pela fotografia agora desvendada, a Nissan terá preferido seguir a direcção exactamente oposta com o novo Leaf. Isto porque o dito farol, além de superfícies complexas, exibe formas não só bem mais sofisticadas e vanguardistas, mas também mais consensuais e de acordo com os cânones vigentes, deixando antever que a aparência global do modelo poderá ir no mesmo sentido.

Quanto a informação oficial sobre o novo eléctrico, nada por ora está disponível. Num mais do que sintético comunicado, a Nissan limita-se a referir: “Hoje, o mundo recebe o primeiro vislumbre da próxima geração do Leaf, o próximo capítulo da Mobilidade Inteligente com Emissões Zero da Nissan.” Acrescentando que esta é a primeira de uma série de fotografias e resumos informativos agendados para o próximo Verão, em jeito de antecipação da revelação integral do novo Leaf, marcada lá mais para o final do ano.

10 fotos

Ainda assim, aqui e ali, foi sendo possível, ao longo dos últimos meses, recolher alguns dados acerca do assunto. Por exemplo, Tim Gallagher, responsável máximo pelos veículos eléctricos da Nissan, já há algum tempo tinha confirmado que o novo Leaf seria revelado em Setembro (muito provavelmente no Salão de Frankfurt), e que a sua comercialização arrancaria no final deste ano.

Também está confirmado que o novo Leaf integrará as mais recentes soluções desenvolvidas pela Nissan no domínio da condução autónoma, devendo ser já capaz de circular sem intervenção do condutor em auto-estrada, desde que em faixa única. Trata-se do conhecido sistema Pro-Pilot, estreado pelo Serena no Japão no Verão de 2016, e que será introduzido este Verão na Europa pelo renovado Qashqai.

Também há quem aposte que, visualmente, o modelo será como que a versão de produção do protótipo IDS, revelado no Salão de Tóquio de 2015, a este muito se assemelhando em termos de dimensões, volumetria e proporções, mas com uma imagem menos futurista, teoria que a óptica agora revelada ajuda a sustentar.

Tecnicamente, a ausência de informação oficial é notória, mas também não restarão dúvidas de que a autonomia do novo Leaf terá de ser, pelo menos, tão extensa como a do novo Renault Zoe 40, ou seja, 322 quilómetros no ciclo NEDC.