Fundada pelo jovem engenheiro alemão Günther Schuch, a startup e.Go Mobile AG acaba de arrancar com o processo de recepção de encomendas para o seu primeiro veículo eléctrico, um pequeno citadino de nome e.Go Life. Os preços começam nos 15.900€, valor ao qual há ainda que aplicar o incentivo dado pelos governos europeus à compra de automóveis eléctricos (no caso de Portugal, de 2.250€). Segundo avança o blog Electrek, o período de encomendas já abriu, com a empresa a requerer um depósito de 1.000€ ao cliente.

Segundo a startup, sedeada na Universidade RWTH de Aachen, na Alemanha, a versão base do e.Go Life, equipada com uma bateria de 14,4 kWh, consegue garantir uma autonomia de 130 km. Já a variante com baterias de maior capacidade, de 19,2 kWh, fará cerca de 170 km com uma única carga.

O pequeno citadino – cujas dimensões exteriores não ultrapassam 3,3 m de comprimento, 1,7 m de largura e 1,5 m de altura, e a que há ainda que somar um peso máximo que varia entre os 810 e os 840 kg, consoante a bateria – para ser completamente recarregado necessita de entre 5h30 e 7h30, dependendo da capacidade da bateria.

Com apenas um motor eléctrico, a debitar somente 22 kW de potência (cerca de 30 cv) e um binário máximo de 110 Nm, o e.Go Life afirma ser capaz de acelerar dos 0 aos 50 km/h em 5,7 segundos (5,9 segundos com a bateria maior), ao mesmo tempo que anuncia como velocidade máxima os 104 km/h.

Preços a partir de 11.900€ (na Alemanha)

Com dimensões exteriores muito idênticas às de um Smart ForTwo, embora com a possibilidade de, opcionalmente, acomodar mais dois ocupantes atrás, a nova proposta eléctrica alemã pode ser adquirida por um valor real de apenas 11.900€, uma vez aplicado o “desconto” de 4.000€ que o governo alemão concede na compra de automóveis eléctricos. Facto que, aliás, torna este modelo um dos veículos eléctricos mais acessíveis de momento.

Ainda segundo a companhia, o e.Go é um modelo que pretende mostrar às pessoas que os carros eléctricos podem ser divertidos, práticos e acessíveis, sem deixarem de ser atraentes ao olhar. Com o fabricante a acreditar igualmente que será possível fabricar automóveis eléctricos com uma tal eficiência e redução nos custos de produção que o valor da aquisição tornar-se-á comparável ao de um veículo convencional. Daí que, no que aos custos de produção diz respeito, a e.Go Mobile AG recorra ao processo de manufacturação Industry 4.0, sinónimo de interconectividade entre máquinas, sistemas e ferramentas, que podem operar de forma autónoma. Tudo para procurar assegurar um preço de venda competitivo.

[jwplatform 6NgmtKzq]

Desenvolvido na universidade, para viver em cidade

O e.Go Life foi desenvolvido por um grupo de investigadores liderados por Günther Schuch, em plena Universidade RWTH de Aachen, com o propósito de vir a ser o segundo ou terceiro carro de família, vocacionado principalmente para uma utilização em cidade.

Para quem quer um carro mais à sua imagem, o fabricante concebeu várias hipóteses de personalização, inclusivamente, a possibilidade de criar uma cor exterior própria, substituindo assim uma das quatro pinturas exteriores disponibilizadas de série. Luzes de halogéneo, ou em LED, é outra das escolhas que o cliente pode fazer, com a e.Go Mobile AG a oferecer, nesta fase de lançamento, dois tipos de jantes de 17″ polegadas. Às quais se juntarão depois umas outras, de 18″, embora apenas e segundo a brochura do carro, a partir de 2019.