O médio internacional grego Samaris, tetracampeão pelo Benfica, foi suspenso esta terça-feira por quatro jogos pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), pelo que falha domingo a final da Taça de Portugal.

Samaris foi suspenso depois de ter dado um murro ao jogador Diego Ivo, do Moreirense, na parte final do embate da 28.ª jornada da I Liga de futebol, a 9 de abril, que os ‘encarnados’ venceram por 1-0, sendo ainda condenado a pagar uma multa de 1.150 euros, de acordo com o comunicado do CD da FPF.

Desta forma, o médio grego não poderá defrontar domingo o Vitória de Guimarães na final da Taça de Portugal e, caso permaneça no Benfica, também falhará a Supertaça Cândido de Oliveira e as duas primeiras rondas da I Liga 2017/18.

Por seu lado, o jogador brasileiro Edson Farias, do Feirense, foi castigado com três jogos de suspensão, por agressão a Gamboa, do Sporting de Braga, no final do encontro de 7 de abril entre as duas formações, também da 28.ª ronda. Também terá de pagar uma multa de 1.150 euros.