Oitenta por cento dos clientes (cerca de 1.600 pessoas) já responderam à solução proposta e só uma pequena minoria rejeitou o acordo obtido pelo grupo de trabalho onde participou o Governo. A notícia, do Público, surge a poucos dias do final do prazo para os chamados “lesados do papel comercial” aceitarem, ou não, a proposta em cima da mesa.

BES. Lesados do papel comercial terão até final de maio para aceitar solução

Segundo o jornal, apenas seis pessoas recusaram a proposta — clientes que, no seu conjunto, aplicaram nestes produtos 3,2 milhões de euros. O total investido ascende a cerca de 430 milhões de euros, e a proposta do grupo de trabalho passa por um adiantamento de 75% do dinheiro aplicado, num máximo de 250 mil euros para aplicações até 500 mil euros e 50% para os que investiram mais de 500 mil euros.

Lesados do BES. As explicações que António Costa não quis dar