O piloto norueguês Andreas Mikkelsen vai disputar o Rali da Sardenha, sétima prova do Campeonato do Mundo, ao volante de um Citröen, em substituição do francês Stephane Lefebvre, anunciou esta terça-feira a marca sediada em Paris.

Mikkelsen vai regressar ao Mundial de ralis, do qual ficou afastado na sequência do abandono da Volkswagen, no fim da época passada, vendo-se obrigado a disputar o campeonato secundário (WRC 2), ao volante de um Skoda.

O norueguês venceu as duas primeiras provas do WRC 2, no Mónaco e na Córsega, mas desistiu, em consequência de um acidente, no Rali de Portugal, quando liderava a prova, caindo para o quarto lugar do campeonato.

À partida para o Rali da Sardenha, que se vai realizar entre 8 e 11 de junho, a Citröen ocupa a quarta posição no campeonato de marcas do Mundial de ralis, tendo vencido apenas uma das seis provas já disputadas, no México, pela mão do britânico Kris Meeke.