O porta-voz do Governo alemão reagiu às alegadas declarações de Donald Trump, que terá dito numa reunião entre altos dignitários da União Europeia que “os alemães são maus, muito maus”. As afirmações atribuídas a Donald Trump terão surgido no contexto do comércio internacional — e foi nesse mesmo contexto que Georg Streiter reagiu, esta sexta-feira.

“A posição da Alemanha no tema da balança comercial e dos superavits é bem conhecida”, disse o porta-voz do Governo de Angela Merkel, em Berlim, aos jornalistas. “Um superavit não é nem bom nem mau. É o resultado da procura e da oferta.”

Trump para a UE: “Os alemães são maus, muito maus”

De acordo com a revista Der Spiegel, Donald Trump terá dito numa reunião onde estavam o Presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, e o Presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, que “os alemães são maus, muito maus”. “Vejam os milhões de carros que eles estão a vender nos EUA. Terrível. Nós vamos parar isso”, terá dito Donald Trump, segundo a Der Spiegel, que falou com pessoas que estiveram presentes na reunião em Bruxelas.

Entretanto, Jean-Claude Juncker também já reagiu à notícia da Der Spiegelfirmou, desmentindo que o Presidente dos EUA tenha dito aquelas palavras. “Não é verdade que tenha dito isso sobre os alemães”, a, acrescentando que o encontro com o Presidente dos EUA foi “franco e construtivo” e que houve “um problema de tradução”.