A Direcção de Veículos Especiais da Jaguar Land Rover (Jaguar Land Rover Special Vehicle Operations, ou SVO) decidiu lançar-se num novo projecto de sonho, ao anunciar que pretende criar o mais potente Jaguar de sempre. Desafio que está, neste momento, em fase de desenvolvimento, mas que já tem nome: Jaguar XE SV Project 8.

Depois de ter dado a conhecer, em 2014, o F-Type Project 7, a SVO resolveu agora encher de testosterona o modelo de entrada na gama da marca do felino, “elevando-o a um novo nível a engenharia, em termos de aerodinâmica e de performance”. Prometendo, assim, fazer de um “simples” sedan, um desportivo de ponta.

[jwplatform kjWmq2uG]

Na base desta nova proposta está um V8 5,0 litros turbo a gasolina, a debitar 600 cv, sendo esta, pelo menos para já, a única informação oficial disponível. A qual, ainda assim, é suficiente para acreditar piamente que o XE SV Project 8 será capaz de deixar para trás aquela que é a actual versão mais potente deste modelo, equipada com um V6 3,0 litros de 380 cv. E que, segundo rezam os números oficiais, vai dos 0 aos 100 km/h em 4,8 segundos, terminando numa velocidade máxima fixada nos 250 km/h.

Mas há mais: o XE SV Project 8 deverá ser capaz de, inclusivamente, suplantar o impressionante F-Type SVR Coupé. O qual, importa recordar, tem como cartão de visita uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em não mais que 3,5 segundos, para uma velocidade máxima anunciada de 322 km/h.

Caso as “promessas” se confirmem, tal fará deste Jaguar um digno adversário de propostas como o BMW M3, já com Competition Package, ou o Mercedes-AMG C63 S. Ainda que, e ao contrário do Jaguar, estes dois rivais sejam modelos de produção em série, ao passo que a produção do XE SV Project 8 será limitada a apenas 300 unidades, todas elas fabricadas de forma artesanal no Centro Técnico da SVO, em Coventry, Reino Unido.

Confirmado, no caso do felino, está também um sistema de tracção integral permanente, sendo esta uma das poucas informações técnicas reveladas. Pelo que será preciso aguardar lá mais para a frente, para que todos os pormenores e características sejam completamente conhecidos.

Quanto à comercialização, apesar de se tratar de um modelo de produção limitada, garantido está, desde já, que o modelo pode ser encomendado em todos os mercados onde a marca se encontra.