A taxa de desemprego fixou-se em 9,8% em março, confirmou o Instituto Nacional de Estatística (INE) esta terça-feira. Para abril, as estimativas provisórias apontam para que a taxa se mantenha inalterada neste valor.

Este valor confirma a tendência que já vinha de fevereiro, quando a taxa se fixou, pela primeira vez, abaixo de 10%. De acordo com o INE, os 9,8% “representam uma revisão nula face à estimativa provisória divulgada há um mês e constitui o valor mais baixo observado desde fevereiro de 2009 (9,7%)”.

(em atualização)